Viva Tavira

Histórico
da Freguesia de Luz de Tavira


Segundo Arnaldo Casimiro Anica a população da Luz era em 1970, a seguinte em cada lugar da freguesia, em Amaro Gonçalves quinhentos e oitenta e sete moradores, em Arroio cento e oitenta, em Arroteia setecentos e doze, em Belomonte cento e treze, no Brejo cento e oitenta e seis, na Campina duzentos e vinte e três, na Igreja, o centro da aldeia, setenta e nove, na Luz de Tavira (Aldeia) trezentos e sessenta e sete, na Maragota cinquenta e dois, na Murteira noventa e oito, em Palmeira quatrocentos e doze, nas Pereirinhas trinta e sete, no Pinheiro quinhentos e sete. O total da população apurado pelo censo citado pelo autor atribui à freguesia da Luz uma população total de três mil quinhentos e cinquenta e três habitantes.
Aliás a freguesia da Luz é a única do concelho em que não se verificou, desde 1911, retrocesso populacional, apesar de até 1850 ter sido uma das menos habitadas do município.
A partir de meados do século XIX verificou-se, pois, na freguesia uma explosão populacional, provocada pela abertura cada vez mais ampla a mercados onde os luzenses puderam colocar os produtos que iam produzindo. (...)

in: www.minhaterra.com.pt
Descrição de Luz de Tavira