• IGREJA DE SANTA MARIA DO CASTELO

    Construída sobre antiga mesquita, tem origem no sc.XIII. Destruída pelo terramoto de 1755. Local onde foram armados cavaleiros os filhos de D.Joo I, após conquista de Ceuta. Portal gótico, quatro colunelos, capitéis fitomórficos. Cornija com cachorros. Janela gótica geminada na fachada. Janela tipo rabe na torre do relógio. Capela-mor com túmulo de D.Paio Peres Correia e dos sete cavaleiros cristãos assassinados pelos mouros. Capela do Evangelho. Estrutura gótica. Capela do Senhor dos Passos, manuelina (sc.XVI), talha dourada, azulejos (sc.XVIII). Capela do Santíssimo, azulejos (sc.XVIII). Tesouro sacro. (...)

    Igreja Paroquial de Santa Maria do Castelo
  • Igreja Paroquial de Santiago
    ( Sc. XIII) (Reconstruo Sc. XVIII)


    Erguida, segundo a tradio, no local da mesquita menor.
    Com origem no sc. XVII, sofreu sucessivas modificaes. Arquitecto-nicamente pobre, guarda, porm, um valioso conjunto de imagens e pinturas, algumas provenientes de extintos conventos.
    Entre as imagens merecem destaque a de Nossa Senhora da Conceição (sc. XVIII), na capela-mor, de Nossa Senhora a Franca (possivelmente do sc. XVI) e a Sagrada Famlia (sc. XVIII) em capelas laterais. Na sacristia uma interessante imagem de Nossa Senhora (sc. XV?) e outras dos scs. XVII e XVIII.

    Igreja Paroquial de Santiago
  • Igreja de S. Pedro
  • Ermida de
    Nossa Senhora da Consolação dos Presos

    ( Sc. XVI/XVIII) (Imóvel Classificado)

    Azulejos polícromos do sc. XVII, o retábulo do altar-mor com pinturas (scs. XVI/XVII) e uma harmoniosa imagem da padroeira constituem o património desta ermida de exterior singelo.

    Ermida N. S. da Consolao dos Presos
  • Convento do Carmo Convento do Carmo
  • Igreja de S. José do Hospital
    ou do Esprito Santo

    (Templo barroco) ( Sc. XVIII) 
    Planta octogonal. Construída no final do sc. XVIII. Portal em estilo "rocaille". Altar-mor com pinturas em "trompe l'oeil". Imagens de São Vicente Ferrer, Nossa Senhora do Carmo e Santa Teresa, bons exemplos da escultura do sc. XVIII. Anexa, parte da ermida de São Brás (sc. XV) com abóboda nervurada e uma delicada rosácea.

    Igreja de S. José
  • Igreja da Ordem Terceira
    de Nossa Senhora do Carmo

    e Antigo Convento Carmelita

    A venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Monte do Carmo de Tavira, após a sua criação, nos princípios do sculo XVIII, ficou sediada numa capela lateral da Igreja conventual dos Eremitas de S. Paulo.
    Em 1737 solicitam ao Provincial da Ordem do Carmo que fundasse um convento nesta cidade afim de que os irmos terceiros tivessem oportunidade de construir em anexo um templo apropriado ao seu estatuto. (...)

    Igreja NS do Carmo
  • Igreja de São Sebastião
    Padroeiro do Exército)
    (Templo barroco) (Sc. XVIII)
    (Valor Concelhio. Decreto 129/77 de 29 de Setembro)

    Arquitectonicamente interessante pela forma cúbica da capela-mor coberta por calote semi-esférica e pelo corpo do templo mais longo e baixo (scs. XVIMII).
    As pinturas em "trompe l'oeil" que revestem as paredes, as telas que contam passos da vida de Jesus e de Nossa Senhora (sc. XVIII), levaram sua adaptação a Museu de Pintura.
    Interessantes, também, a talha e imagens, paramentos e tesouro sacro (sc. XVIII). Na sacristia, silhar de azulejos do sc. XVII.

  • IGREJA DE S. PAULO

    Edificada no início do sc. XVII, pertenceu a um antigo convento. Fachada com galilé. Num nicho a imagem de Nossa Senhora da Ajuda (sc. XVII).
    Interior de uma só nave. Retábulo do altar-mor em talha (scs. XVII/XVIII), com imagem de Nossa Senhora da Ajuda (sc. XVIII).(...)
    Igreja de S. Paulo
  • Igreja de S. Francisco
    (Convento Templário)
    (Sc. XIV)
    (Gótico / Neo Clássico)
    Igreja de S. Francisco
  • Ermida
    de São Pedro Gonalves Telmo

    (ou das Ondas)

    Pertenceu ao Compromisso Marítimo, associação mutualista de marinheiros e pescadores. Tem provável origem num edifício do sc. XVI. Planta trapezoidal. Retábulo de talha dourada, pinturas do tecto e dos painéis dos altares e imagens do sc. XVIII. Pertencem, porém, ao sc. XVII a pequena e elegante imagem de Nossa Senhora das Ondas e os azulejos do altar-mor e da sacristia. Numa parede lateral as armas do rei D. Manuel e dos Marqueses de Vila Real e Condes de Alcoutim (sc. XVI).

    Igreja das Ondas
  • Igreja e Convento
    de Santo António dos Capuchos

    (Séc. XVII)

    Pertenceu a pequeno convento, de que ainda resta o claustro (sc. XVII). 0 conjunto de figuras, em tamanho quase natural, descrevendo passos da vida do Santo, do sc. XVII, so o seu principal valor artístico.

  • IGREJA DA MISERICÓRDIA

    A Igreja da Misericórdia construída no interior das muralhas encontra-se um pouco acima da Porta Manuelina, em pleno centro da cidade.
    Um pouco mais acima fica a colina onde nasceu esta antiquíssima povoação e nela encontramos os monumentos mais significativos da cidade: Palácio da Galeria, Igreja de Santa Maria Maior, o Castelo, o Convento da Graça e a Igreja de Santiago um pouco mais abaixo.(...)

    Igreja da Misericórdia
  • Ermida
    de Nossa Senhora
    do Livramento


    Fachada revestida com azulejos azúis do sc. XVIII. 0 interior contém um pequeno tesouro de decoração barroca (sc. XVIII) na talha dourada da capela-mor, arco triunfal e capelas colaterais. Imagens do mesmo período.
  • Ermida de São Roque
    (Sc. XVI)
  • Ermida de
    Nossa Senhora da Piedade

    ( Sc. XVI)
    (Manuelino)
    (Imóvel Classificado)
  • Convento de Nossa Senhora da Graça (Agostinhos)
    (Sc. XVI)
    (Imóvel Classificado)



    (2006 - fim da obras de restauração e inauguração como Pousada)
  • Capela de Santa Ana

    Existente no sc. XVI foi reconstruída no sc. XVIII. A talha dos altares, as imagens, o painel representando Cristo após a descida da Cruz (sc. XVI) e a pia de água benta suportada por uma coluna torsa gótica formam um conjunto artisticamente valioso.
    (Reconstruída em 2005)

  • Igreja de São Brás
  • Ermida do Senhor do Calvário
    ou de Nossa Senhora das Angústias

    ( Sc.XVIII/XIX).

    Classificada como imóvel de interesse concelhio pelo Decreto nº 129/77, de 29 de Set.
    A sua origem rural manifesta-se na sua arquitectura simples, nas cantarias sublinhadas a cor, no óculo que encima o portal. Paredes interiores decoradas em "trompe l'oeil". Imagem do Senhor Crucificado (sc. XVIII).Pedra sepulcral

  • Antigo Convento das Bernardas

    De grandes dimensões, este convento albergou a única ordem feminina de Tavira, tendo sido fundado, em 1509,pelo então Rei de Portugal, D. Dinis.(...)


    ... hoje (2010) é um condomínio fechado e residencial!

  • Igreja
    de Santa Margarida
  • Ermida
    de Nossa Senhora da Saúde

    As origens deste pequeno templo remontam ao século XV. Aqui se fixam os frades paulistas em 1448,tendo permanecido at 1606, data em que se transferem para o convento tavirense de Nossa Senhora da Ajuda, do século XVI permanece o arco triunfal de volta perfeita evidenciando cantarias decoradas com motivos tardo-góticos. (...)

  • Ermida
    Arraial Ferreira Neto

    Hoje incorporada no espaço lúdico do Hotel Vila Galé - Albacora

    Quatro Águas - Tavira

  • Igreja de Nossa Sra. da Luz

    Construída após a elevação da povoação a freguesia, deste templo realça-se a sua fachada maneirista e o portal lateral manuelino, com os intercolúnios, o intradorso dos arcos e os capiteis lavrados com parras e cachos de uvas. O seu interior de três naves cobertas por abóbadas, destacando-se ainda o retábulo maneirista, datado do sc. XVI.

    Igreja de Nossa Senhora da Luz
  • Igreja de Santo Estêvão Igreja de Santo Estêvão
  • Igreja Matriz
    de Santa Catarina


    Uma igreja do século XVI que começou a ser construída com formas manuelinas, conjugadas depois com um modelo renascentista de arquétipo pilartiano. No sc. XVIII, as obras de remodelação ocorridas conferiram as formas barrocas que o remate da fachada principal tem. Do interior do templo de três naves destaca-se, uma tela com a representação de um Juízo Final.

    Igreja de Santa Catarina
  • Igreja Paroquial
    de Santa Luzia

    1577 --- Neste ano já há notícias da existência da ermida de Santa Luzia.
    1960 --- demolida a antiga ermida de Santa Luzia e sobre ela se constrói a actual igreja.

     in: Cronologia de Tavira, Octávio Robeiro
    Igreja de Santa Luzia
  • Igreja N. S. da Conceição

     As obras desta igreja iniciaram-se no primeiro quartel do sculo XVI. Com origem em obras ocorridas em meados do sc. XVI, o interior da igreja compõe-se por três naves de apenas três tramos, onde se destacam os capitéis e as bases das colunas. A capela-mor coberta por abóboda de aresta cujo fecho apresenta as armas da ordem de Santiago em baixo. A fachada principal sofreu intervenções no século XVIII, que lhe conferiram as formas barrocas que se observam no seu remate. O pórtico da fachada apresenta uma decoração tardo-gótico manuelina.

  • Igreja de Santo Estêvão

    (Cachopo)
  • Igreja de Nossa Senhora do Mar

    (Cabanas)
  • Ermida de
    Nossa Senhora do Livramento

    Situada a cerca de três quilómetros da Luz de Tavira, esta ermida foi erguida a mando do Padre Manuel Viegas Leal em 1708. Este é um templo com fachada de pórtico simples e rematada por um frontão curvo ladeado por dois campanários. No seu interior existe um altar barroco, construído com mármores do Algarve.

    Ermida do Livramento - Luz de Tavira