Viva Tavira

Parque Natural da Ria Formosa

O Parque Natural da Ria Formosa foi criado pelo Decreto-Lei nº 373/87, de 9 de Dezembro, posteriormente regulamentado pelo Decreto Regulamentar nº 2/91, de 24 de Janeiro.
Estende-se ao longo de 60 kms da costa sotavento do Algarve, entre o Ancão e a Manta Rota e ocupa cerca de 18.400 ha, distribuídos pelos concelhos de Loulé, Faro, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António.
A maior parte desta área corresponde ao sistema lagunar da Ria Formosa, um cordão de ilhas e penínsulas arenosas que se estende mais ou menos paralelamente à costa, protegendo uma laguna onde se desenvolve um labirinto de sapais, canais, zonas de vasa e ilhotes.


Origem Geomorfológica
da Ria Formosa


Há cerca de 6.000 - 7.000 anos, o nível do mar era muito inferior ao actual e grandes quantidades de areia provenientes da erosão ter-se-iam acumulado ao longo da base da plataforma continental, a 30 ou 40 metros de profundidade, formando barras submersas.
As ilhas-barreira seriam então resultado da evolução dessas barras submersas, que migraram no sentido do continente com a subida do nível do mar.
Simultaneamente os cursos de água depositaram na laguna grandes quantidades de material aluvionar, que está na origem das extensões de sapais e ilhotas que hoje podem ser observados.


in: www.aea.pt/pnrf.htm
PNRF - Descrição