Viva Tavira

Território

Concelho de Tavira situa-se no designado sotavento algarvio, com uma área de 611 km, (possui uma enorme importância ao nível ambiental e na biodiversidade de espécies), da qual fazem parte nove freguesias, Cabanas, Cachopo, Conceição, Luz de Tavira, Santa Catarina da Fonte do Bispo, Santo Estêvão, Santa Luzia, Santa Maria, Santiago, e cento e dez localidades. É o terceiro concelho mais extenso da região algarvia, confinando a Norte com o Concelho de Alcoutim, a Este com Vila Real de Santo António, a Oeste com os Concelhos de Loulé, S. Brás de Alportel, Olhão e a Sul com o Oceano Atlântico.
Em termos geomorfológicos, o Concelho estrutura-se em três componentes ou sub-regiões que caracterizam o Algarve. A norte, zona xistosa e de serra, e a sul as zonas de barrocal e de litoral. A cada sub-região correspondem diferentes padrões de organização espacial, nomeadamente, a nível do povoamento e estrutura económica.
O litoral caracteriza-se por uma faixa estreita, junto à costa, com recursos naturais importantes, designadamente, solos agrícolas férteis, aquíferos subterrâneos, zonas húmidas, praias e o Parque Natural da Ria Formosa, este possui uma enorme importância ao nível do ambiente e biodiversidade de espécies. Devido a estes factores, existe nesta zona uma maior oferta de trabalho, resultando numa maior concentração urbana e maior densidade populacional.
O barrocal, por sua vez, caracteriza-se por uma zona de grande valor paisagístico, constitui uma faixa de transição entre o rural e urbano. Esta sub-região reúne boas condições de infiltração de água que alimentam importantes aquíferos que comunicam com o litoral. Com solos pedregosos e afloramentos calcários, é comum vislumbrar pomares de sequeiro: oliveiras, alfarrobeiras, amendoeiras e figueiras.(...)


in: www.cm-tavira.pt/cmt

Concelho de Tavira